RESIDÊNCIA MARCELO E VERA – MEMÓRIA

Em um terreno de chácara onde os lotes não se limitam por grades, nem muros, etc, esta residência em Brasília pode atender à intenção primeira de se fazer uma casa totalmente aberta ao lazer. A caixa de vidro e madeira sobre o grande painel de alvenaria delimitam territórios e enriquecem a expressão de sua volumetria. Se por um lado sua geometria de planta propicia a integração dos espaços, por outro lado as áreas íntima, social, de serviço e lazer, ficam notadamente definidas.